(Coccidínia)

Dor no cóccix - coccidínia

A dor, geralmente associada a aumento da sensibilidade na região do cóccix, também é conhecida como coccidínia ou coccigodínia e afeta principalmente as mulheres. Pode causar um desconforto significativo e prejudicar a execução das atividades diárias.

 

Geralmente aparece depois de um traumatismo ou após a pessoa ter passado um longo período assentada, mas, em diversos casos, não há nenhuma causa aparente. Incomoda principalmente no momento em que a pessoa está assentada ou quando faz esforço para se levantar. Felizmente, na maioria das vezes, a dor desaparece espontaneamente dentro de um período de 3 meses

A dor no cóccix ou coccidínia afeta principalmente as mulheres

Causas

   

  • Trauma local - Geralmente após uma queda, podendo ocorrer até uma fratura ou deslocamento ósseo. Traumas repetitivos em alguns esportes como ciclismo e remo também podem estar envolvidos. 

  • Idiopático - (que aparece espontaneamente ou sem causa identificável). Quando não há história de trauma e nenhuma outra causa é identificada.

  • Tumor

  • Cóccix proeminente que sofre maior pressão local

O cóccix é um pequeno osso de formato triangular localizado na extremidade inferior da coluna vertebral. A dor no cóccix pode ser tratada de várias formas.

  

  • Dor referida: quando a dor no cóccix é devido a um problema em outro lugar como hérnia de disco lombar, inflamação pélvica, abscesso ou fístula peri-retal, cisto pilonidal, etc.   

  • Inflamação de ligamentos do cóccix

  • Neurose: quando a dor é devido a um quadro psiquiátrico. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, algumas dores não são "fruto da imaginação". Em determinadas situações de stress o nosso organismo pode reagir de diversas maneiras e os problemas emocionais podem causar dor em qualquer lugar do corpo. Algumas manifestações são facilmente identificáveis como taquicardia, vômitos, diarreia, etc. Já as exteriorizações psíquicas são mais difíceis de ser reconhecidas por algumas pessoas porque elas não são visíveis e nem medidas. A dor é uma delas.

O cóccix é a extremidade inferior da coluna

Exames e diagnóstico

De maneira geral, os exames são todos normais pois trata-se mais de um sintoma do que uma doença propriamente dita. As avaliações por imagem mais utilizadas são a radiografia e a tomografia computadorizada e podem identificar uma fratura ou um desvio ósseo, por exemplo.

Eventualmente esses exames podem identificar uma peculiaridade anatômica na região que possa predispor ao problema. 

Radiografia e tomografia computadorizada mostrando a localização do cóccix (setas)

Tratamento

Na maioria das vezes, o caso resolve-se espontaneamente em até 3 meses.

 

Analgésicos e anti-inflamatórios, por via oral ou tópica, podem ser utilizados para aliviar os sintomas.

 

Medidas para aliviar a pressão na região do cóccix também são bastante úteis. A pessoa pode utilizar almofadas com orifícios, semelhantes às usadas por pacientes com hemorroidas, e suportes lombares para melhorar a postura e tirar o eventual apoio que possa haver.

Fisioterapia 

 

Compressas quentes podem ajudar a diminuir a dor. 

Existem diversas almofadas no mercado que podem ser utilizadas para aliviar a pressão sobre o cóccix e aliviar os sintomas

Infiltrações

As infiltrações* consistem em injeções locais de anestésicos associados a corticoides. Também conhecidas como bloqueios**, essas injeções podem ser realizadas desde o princípio, já no tratamento inicial, podendo trazer alívio imediato e proporcionar boa resposta com uma ou duas aplicações. Os medicamentos devem ser injetados nos locais onde foi identificada alguma inflamação ou no trajeto dos nervos que transmitem a dor dessa região. A grande vantagem é que são procedimentos simples que podem ser realizados até mesmo em consultório. As técnicas de infiltração da coluna lombar podem ser adaptadas para o cóccix com algumas mudanças. Eventualmente o raio X é necessário para a localização dos pontos de interesse na região lombar. Como o cóccix ocupa uma posição bem superficial, ele é muito mais fácil de ser palpado e localizado, dispensando o uso do raio x para identifica-lo. 

   

Algumas técnicas de infiltração da coluna lombar podem ser adaptadas e empregadas para infiltração do cóccix. Geralmente a dor desaparece instantaneamente, mas para que o efeito seja prolongado, alguns detalhes devem ser observados durante a aplicação,

Em alguns casos a dor pode ser mais persistente e não melhorar somente com as medidas descritas acima. O médico pode então recomendar:

 

Anestésicos em forma de emplastro

 

Manipulação do cóccix, geralmente são realizadas sob anestesia geral.

Bloqueio, injeção peridural, neurólise, anestesia do gânglio ímpar (variações técnicas de infiltração e anestesia)

Adesivo contendo anestésico

Com a fisioterapia é possível melhorar a postura e aliviar a dor no cóccix

Cirurgia: remoção da porção móvel do cóccix. Como trata-se de método relativamente agressivo e cuja eficácia ainda não está muito bem definida, geralmente recomendamos evitar esse tipo de cirurgia. Entretanto, alguns autores têm relatado uma alta taxa de sucesso em alguns casos selecionados.

* Infiltração: termo geralmente usado para o procedimento de injetar medicamentos em determinada parte do corpo. Geralmente o objetivo é alívio da dor e melhora da inflamação, por isso as principais substâncias injetadas são anestésicos e anti-inflamatórios. A infiltração também pode ser chamada de bloqueio.

**Bloqueio: pode ter o mesmo sentido que a infiltração mas também pode significar a anestesia de um ou mais nervos com o objetivo de aliviar a dor.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter
  • Google+
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn ícone social
  • Google ícone social Places